Pagar por prostituição torna homens violentos?

20160107_104753_Tom

Consumir pornografia e prostituição não torna homens cis mais violentos ou propensos a cometer estupro. É o patriarcado que dá brecha para desrespeitar e sair ileso de violentar crianças e mulheres com 13 ou 30. O homem que não respeita uma trabalhadora sexual é o mesmo tipo nojento que me assedia, mesmo eu não sendo puta, por causa do meu modo de vestir.

Exploração sexual é diferente de prostituição. Tráfico de pessoas é diferente de prostituição. Prostituição é sexo consentido em troca de dinheiro. Se uma pessoa não respeita uma puta, ela não respeita a autonomia do corpo alheio, ela que acha que pode mandar em algo por causa de dinheiro. É quem acha que pode exercer domínio que é torto das ideias.

Não importa o quanto você pagou pelo programa. Não importa se você pagou a bebida, a faculdade dela ou o motel. Não importa se você deu presente caro, paga pensão dos filhos, é casado há mais de 30 anos. Não importa, você não pode fazer o que bem quiser da puta, da biscate, da travesti, da bichinha, da mãe dos seus filhos. Ensinem o que é hegemônico a não estuprar. A não marcar no corpo do que é diferente a força da barbárie.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s